A carregar Eventos

« Todos os Eventos

  • Este evento já decorreu.

MUSEU NOGUEIRA DA SILVA

Setembro 2 @ 8:00 am Setembro 3 @ 5:00 pm

SOÇOBRO | RUI ALGARVIO (pt)

Exposição | Galeria da Universidade

Num primeiro momento, ao olharmos a pintura de Turner “The Fighting Temeraire”, facilmente caímos na armadilha criada pelo pintor. Numa visualização despreocupada e rápida, somos levados a pensar que se trata de um pôr-do-sol. Mas não, trata-se de um nascer-do-sol. 

O desenho foi ao longo de muitos séculos uma prática preparatória. Disciplina alicerçante da pintura e escultura. Ao inverter esta relação resta-me apenas esperar que a pintura não soçobre perante esta provocação. 


A FLORA NO ESTUQUE DECORATIVO 

Exposição | Galeria do Jardim

A A.C.E.R.- Associação Cultural e de Estudos Regionais vai realizar no Museu Nogueira da Silva uma exposição fotográfica sobre Estuques e Fingidos, no âmbito das comemorações do 20.o ano da sua constituição. A sua iniciativa procura dar continuidade ao seu projeto de inventariação e divulgação de uma arte tradicional com profundas raízes culturais não só no Norte como, de um modo geral, em todo o País e cuja transmissão do «saber-fazer» urge ser implementada de modo a conseguir-se evitar erradas intervenções e ao mesmo tempo procurar sensibilizar para a salvaguarda de composições em situação de degradação acentuada por ausência de conservação e restauro.


Visita Guiada às Coleções do Museu Nogueira da Silva

02 set 10h30 e 15h30

Inscrições limitadas ao espaço e feitas por ordem de chegada no dia da ação | Lotação: 30 pessoas


UMA AVENTURA NO JARDIM

3 set 15h00 

Jogo/Percurso

Inscrições limitadas ao espaço e feitas por ordem de chegada no dia da ação.


ALMA | L’EFFETTO ENSEMBLE (pt)

3 set 19h00 

Música

Soprano Dora Rodrigues | Guitarra Rui Gama | Percussão Rui Silva

 “Alma” reúne três músicos que apresentam um programa inebriante de canções que envolve o público num manto de temas amorosos, explorando ritmos contagiantes do folclore, indo ao encontro das raízes latinas e aborda repertório do séc. XVIII até aos nossos dias. Mais que um recital, uma performance marcante, surpreendente e criadora de uma real conexão entre os artistas e o público. Um encontro brilhante entre o gozo de embarcar na viagem da canção pelos tempos, com palavras ora fugidias, ora de uma simplicidade esmagadora e o deleite de usufruir dos encantadores acordes da guitarra e dos devaneios da percussão que irão vincar o cariz popular.