A LENTA FLECHA DO CORPO | DEEOGO OLIVEIRA

11h00, 15h00 e 20h00

Uma palavra rodeada de emoções não definidas, de tecidos esfiapados de afectos, de esboços de movimentos corporais e de vibrações que compõe a atmosfera do espaço. Um caos ordenado e uma ordem caótica. A poesia do corpo tornando a vida, mais. É tudo.

Partilhar :